Home / Publicações / Dicas / Cirurgia de redução de estômago pelo SUS

Cirurgia de redução de estômago pelo SUS

O Sistema Único de Saúde (SUS) realiza gratuitamente a cirurgia de redução de estômago (bariátrica) em pacientes que estão dentro de um perfil específico.

É preciso ter no mínimo 16 anos além de ser diagnosticado com obesidade mórbida. E a restrição tem um motivo: este perfil de paciente corre um alto risco de ter doenças graves e, por isso, recebe prioridade.

Como fazer a operação gratuita

cirurgia redução de estomagoVá ao médico do seu plano de saúde ou a um especialista da rede pública e conte sobre sua situação. Somente os médicos podem enviar o pedido desta cirurgia ao SUS e apenas quando você se encaixa nas regras da cirurgia bariátrica. Se tudo certo, o especialista fará o pedido e você entrará em uma fila de espera para ser encaminhado a um hospital público.

É importante saber que a redução de estômago só será feita no sistema público de saúde quando for a última opção do paciente. Antes, ele terá que passar primeiro por um tratamento médico para emagrecer e irá para a cirurgia se esse acompanhamento não der certo.

Vale saber que a fila de espera para realizar a redução de estômago pelo Sistema Único de Saúde pode variar de alguns meses até anos.

Quem tem direito à cirurgia gratuita

De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica, Dr. Almino Ramos, para estar na classificação de obesidade mórbida e fazer a cirurgia pelo SUS é necessário ter o Índice de Massa Corporal (IMC) igual a 40 ou mais.

Quem tiver IMC entre 35 e 40 pode fazer a operação se provar a necessidade. Ou seja, o paciente deve apresentar outros problemas que surgem por causa do excesso de peso, como diabetes, hipertensão, colesterol alto ou problemas ortopédicos.

O cálculo do IMC pode ser feito aqui: http://www.portaldoemagrecimento.com.br/calculadoras/

O que acontece depois da cirurgia

A redução do estômago faz o paciente comer menos porque o espaço para a comida no estômago fica bem menor. E assim começa a perda peso.

Existem vários tipos de cirurgia bariátrica: algumas retiram parte do estômago, enquanto outras grampeiam o órgão para que só parte dele seja usado.

O SUS também oferece cirurgia plástica pós-operatória para retirar o excesso de pele de quem fez a redução do estômago.

É importante lembrar que a operação não resolve tudo sozinha. Quem vai fazer esse procedimento precisa manter hábitos saudáveis depois.

Sobre Portal do Emagrecimento

Somos pessoas comprometidas em buscar a verdade por trás do emagrecimento definitivo. Testamos produtos, damos dicas e entregamos para você, o que existe de melhor para ajudar na luta contra a balança.

Veja Também

vida saudável

5 regras para ter uma vida saudável: é mais simples do que parece!

Você já teve a sensação de que ser saudável é complicado demais? São tantas dicas, …

Deixe uma resposta